Set 21, 2011 Crédito:

Governo oferece proposta de reajuste salarial aos policiais civis

-

O governo do Estado oferece aos policiais civis e agentes penitenciários do Rio Grande do Sul a mesma proposta feita à Brigada Militar: R$ 91,00  a ser incorporado no básico, pago em duas parcelas, em outubro deste ano e abril de 2012. Segundo o presidente do Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores de Polícia, Isaac Ortiz, o assunto será discutido pelo conselho em reunião, no entanto, a paralisação nos dias 28 e 29 deste mês, em princípio, está mantida.

Amanhã será decidida a data da assembleia da categoria. O chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, disse que a Polícia Civil está tendo o mesmo tratamento da Brigada Militar, o que era reivindicação. Ele afirma que o estado chegou ao limite de nossa capacidade financeira e não há como avançar.

Já os policiais militares devem se manifestar amanhã sobre a proposta de reajuste oferecida pelo governo, de 23,5%. O anúncio era esperado para ontem, no entanto, a categoria decidiu aguardar a reunião da Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da Brigada Militar, em Porto Alegre. Nas primeiras assembleias regionais realizadas às pressas em 13 municípios gaúchos, parte dos servidores rejeitou a proposta inicial. O Vale do Rio Pardo defende a aceitação do índice somente se ele for concedido aos demais postos.

c