ÁUDIO Fev 14, 2020 Crédito: Eduardo Wachholtz / RVA

Vereador Tiago Quintana questiona posição da procuradora-geral da Prefeitura após cobranças

Na semana passada, Marion Kist afirmou que as denúncias caluniosas serão responsabilizadas penalmente

- Foto: Eduardo Wachholtz / RVA

Em entrevista à Rádio Venâncio Aires na manhã desta sexta-feira, 14, o vereador Tiago Quintana (PDT) questionou a posição da procuradora-geral do município, que também atua como secretária interina da Saúde, Marion Kist. Na semana passada, em nota, ela afirmou que as denúncias caluniosas levadas ao âmbito eleitoral ou visando propaganda serão motivos para responsabilização penal daqueles que alimentam falsas notícias.

Durante pronunciamento na sessão da Câmara de Vereadores da última segunda-feira, 10, Tiago Quintana atribuiu a afirmação para a denúncia que ele fez sobre as filas e a demora excessiva nos serviços de saúde de Venâncio Aires. “Às vezes, o problema é que querem matar o mensageiro, querem brigar com os fatos. Teve aquele caso do rei que matou o mensageiro porque deu a notícia ruim para ele. [...] Isso houve por parte dela. Antes de tentar ver qual era o problema que eu estava apresentando, queria dizer que ia me processar”, disse.

Ouça a matéria completa:

c