APAE Fev 13, 2020 Crédito: Eduardo Wachholtz / RVA

Repasse da Prefeitura auxilia no atendimento a quase 300 alunos com deficiência e autismo na Apae

Conforme termo de colaboração publicado no Diário Oficial, serão destinados R$ 670 mil em 2020

- Foto: Divulgação/Facebook

No início desta semana, foi publicado no Diário Oficial o termo de colaboração entre a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e a Prefeitura de Venâncio Aires. Conforme o documento, serão destinados R$ 670 mil em 2020. O recurso vai ajudar a custear o atendimento de quase 300 pessoas com deficiência e com autismo.

De acordo com a diretora Grazieli Winckelmann, o valor ajuda a pagar os salários dos 36 profissionais que trabalham na instituição, a comprar materiais didáticos e pedagógicos e a realizar a manutenção do prédio. Entretanto, para honrar todas responsabilidades, a Apae tem convênio com o estado, com os municípios de Mato Leitão e Vale Verde e recebe recursos dos fundos da assistência social e saúde, de doações e de campanhas.

A partir de 19 de fevereiro, quando ocorre o início das atividades de 2020, a escola da instituição vai receber 167 alunos diariamente. Além desses, outros frequentam a clínica, o que totaliza, aproximadamente, 280 pessoas atendidas, dos quais 70 estão em situação de vulnerabilidade social.

c