MOVIMENTAÇÃO Jan 15, 2020 Crédito: Eduardo Wachholtz / RVA

Vereador Gilberto dos Santos demonstra descontentamento e pode deixar PTB para disputa eleitoral de 2020

Movimentações das eleições de 2020, marcadas para o dia quatro de outubro, começam a se intensificar

- Foto: Eduardo Wachholtz / RVA

As Eleições Municipais de 2020 só irão ocorrer em outubro, mas as movimentações políticas já começaram. Na manhã desta quarta-feira, 15, o presidente do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Paulo Mathias Ferreira, reafirmou que colocou o nome à disposição para liderar uma chapa à eleição majoritária e o vereador Gilberto dos Santos demonstrou descontentamento e admitiu que pode deixar o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) para disputa eleitoral.

Com o desejo de disputar uma cadeira na Câmara de Vereadores ou um cargo no Poder Executivo, Gilberto dos Santos pode deixar o PTB na próxima janela eleitoral. Durante a entrevista, Santos destacou que está avaliando o contexto político: “a gente está estudante a possibilidade, é meio cedo, mas estou na expectativa de, quando as coisas começarem a se definir, termos uma posição”.

Durante entrevista à Rádio Venâncio Aires no último mês, Paulo Mathias Ferreira já havia colocado o nome à disposição para liderar uma chapa à eleição majoritária e reafirmou a posição nesta manhã. Ferreira explicou que durante o último encontro do MDB foi destacado que o partido deve voltar a ser protagonista no meio: “eu disse que, se ninguém do partido se dispor a ser candidato, eu serei […] eu acho que aquele trabalho do passado tem que voltar”.

Segundo a resolução publicado pelo Tribunal Superior Eleitoral, a janela eleitoral ficou fixada de cinco de março a três de abril. O prazo é o período em que vereadores podem mudar de partido para concorrer à eleição sem incorrer em infidelidade partidária. Os registros de candidaturas devem ser protocolados na Justiça Eleitoral, via internet, até as 23h59 do dia 14 de agosto. As eleições de 2020 estão marcadas para o dia quatro de outubro.

c