VENEZUELANOS Jan 10, 2020 Crédito: Eduardo Wachholtz / RVA

Assistência Social demonstra preocupação com chegada de 25 famílias venezuelanas em Venâncio Aires

Secretário de Habitação e Desenvolvimento Social afirmou que acolhimento não tem relação com a Prefeitura

- Foto: Eduardo Wachholtz / RVA

O secretário de Habitação e Desenvolvimento Social, Arnildo Câmara, participou da programação da Rádio Venâncio Aires na manhã desta sexta-feira, 10, e demonstrou preocupação com chegada de 25 famílias venezuelanas. Durante a entrevista, ele afirmou que acolhimento de, aproximadamente, 60 refugiados não tem ligação com Administração Municipal.

Conforme Câmara, no ano passado, Venâncio Aires recebeu a visita de representantes do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados para avaliar situação de acolhimento no município. Entretanto, até então, nenhum imigrante havia sido recebido. O acordo previa diversos benefícios custeados pela ONU, como uma casa alugada por um ano, valores mensais e acompanhamento na cidade.

As 25 famílias que chegaram nesta quinta-feira, 09, segundo o secretário de Habitação e Desenvolvimento Social, não tem ligação com a Administração Municipal. “Vou pedir, como cidadão, que esses empresários, eu sei que eles querem ajudar as pessoas, recebam essas pessoas e dão respaldo […] essas pessoas que vão vir para cá vão ter que alugar uma casa porque a Prefeitura não tem”, disse.

Ouça o material produzido pelo repórter Eduardo Wachholtz: 

c