Crime bárbaro Jan 07, 2020 Crédito: Jeferson Schwingel / Portal RVA

Autor de feminicídio era colega de trabalho da vítima em Passo do Sobrado

Carlos Eduardo Fischer, 37 anos, era ex-namorado de Juliani Klamt, 31 anos, e não aceitava o fim do relacionamento

- Foto: Divulgação

O autor do feminicídio que chocou Venâncio Aires na manhã desta terça, 07, além de ser ex-namorado da vítima, era colega de trabalho dela na Prefeitura em Passo do Sobrado. Carlos Eduardo Fischer, 37 anos, era ex-namorado de Juliani Klamt, 31 anos, e não aceitava o fim do relacionamento. Na manhã de hoje, ele matou ela a tiros em uma estrada de chão, em Linha Arroio Grande, no interior de Venâncio Aires, quando deslocava para o trabalho.

Na sequência, Edu, como era conhecido, foi até uma propriedade rural, na Várzea dos Camargo, e cometeu suicídio. Ao lado do corpo dele, foi encontrada a arma para matar Juliani, uma pistola Bereta 6.35. Fischer trabalhava como motorista na Secretaria de Saúde de Passo do Sobrado, onde Juliani também atuava como assistente social.

Carlos Eduardo Fischer, 37 anos, morava no Centro de Passo do Sobrado. Já Juliani Klamt, era moradora de Centro Linha Brasil, de uma família tradicional, que mantém um estabelecimento comercial na localidade há muitos anos. A Prefeitura de Passo do Sobrado postou uma mensagem de luto na página oficial no Facebook.

Leia mais sobre o caso: Crime de feminicídio choca Venâncio Aires 

c