Assassinato Jan 07, 2020 Crédito: Jeferson Schwingel e Veridiana Röhsler / Portal RVA

Crime de feminicídio seguido de suicídio choca comunidade venâncio-airense

Juliani Carolini Klamt, de 31 anos, foi morta a tiros pelo ex-namorado na localidade de Linha Arroio Grande

- Foto: Divulgação

Um crime bárbaro choca a comunidade de Venâncio Aires nesta terça-feira, 07. Uma mulher foi morta a tiros nesta manhã, em Linha Arroio Grande. A vítima é Juliani Carolini Klamt, de 31 anos. Ela era moradora de Centro Linha Brasil e trabalhava como assistente social em Venâncio Aires e Passo do Sobrado.

O assassinato aconteceu cerca de 500 metros distante do Palmeiras, quando a vítima foi abordada e alvejada com diversos tiros. O suspeito de matar a jovem também foi encontrado morto posteriormente. Conforme apurado pela reportagem da RVA, ele foi identificado como Carlos Eduardo Fischer, de 37 anos, funcionário público de Passo do Sobrado, onde também morava, e ex-namorado de Juliani. O que também foi apurado pela reportagem da RVA é que a vítima já tinha sofrido ameaças por parte do ex-companheiro, no entanto nenhum registro havia sido feito na delegacia. 

O corpo de Juliani Klamt foi encaminhado para necrospia e o velório será realizado na Suib, em Centro Linha Brasil. Ela deixa os pais, irmãs, um filho e demais familiares e amigos.

Ouça entrevista do delegado Vinícius Lourenço de Assunção ao repórter Jeferson Schwingel no local do crime ainda pela manhã:

c