Venâncio Aires Set 10, 2019 Crédito: Veridiana Röhsler / RVA

Em sessão no interior, vereadores aprovam projeto que regulamenta a gratificação de difícil acesso

Reunião interiorizada ocorreu nesta segunda-feira em Centro Linha Brasil

- Foto: Vanessa Behling / Câmara de Vereadores Venâncio Aires

A sessão da Câmara de Vereadores desta semana foi realizada fora do plenário. A reunião interiorizada ocorreu em Centro Linha Brasil, onde além do Legislativo ser recebido, o Poder Executivo também se manifestou. O encontro começou com a tradicional votação de projetos. Entre as matérias aprovadas, está uma do Poder Executivo que regulamenta a gratificação de difícil acesso aos servidores municipais. Mesmo fora do plenário, essa votação foi acompanhada por professores da Escola Municipal de Ensino Fundamental Coronel Thomaz Pereira. O projeto que prevê o pagamento do difícil acesso foi aprovado por todos os vereadores, mas com quatro emendas do vereador Eduardo Kappel. Antes, uma emenda de Tiago Quintana, do PDT, foi reprovada por maioria.

Com a aprovação do Projeto de Lei, consideram-se de difícil acesso as unidades de saúde, capatazias e escolas cuja localização no meio rural esteja distante dez quilômetros, ou mais, da Sede do Município, tendo como ponto de referência a Igreja Matriz São Sebastião Mártir. Segundo a matéria, a gratificação de difícil acesso corresponde à média de litros de combustível gasta pelo servidor para percorrer o trajeto, considerando as condições da estrada, multiplicada pelo valor do litro de combustível. Com esse projeto, mais de 80 funcionários devem ser beneficiados. Já a emenda de Tiago Quintana, reprovada por maioria, previa alterar o projeto de lei original para diminuir a distância mínima entre a casa e o local de trabalho do servidor para ter direito ao difícil acesso. De dez, ele queria baixar para sete quilômetros o marco de distância.

Depois da votação dos projetos, foi concedida Tribuna Livre à comunidade de Centro Linha Brasil. Primeiro, falou o técnico de Enfermagem, Clenio Strassburger, que há anos atua no posto de Saúde da localidade. Ainda em nome da localidade, a diretora da Escola Estadual Cristiano Bencke, Raquel Schmidt, falou sobre as demandas.

A Administração Municipal também se manifestou no evento. Falaram, o vice-prefeito Celso Krämer, e o prefeito Giovane Wickert. O chefe do Executivo reiterou a vontade de transformar o Posto de Saúde em uma Estratégia de Saúde da Família.

Próxima sessões:

Ainda não foi anunciado de forma oficial onde será realizada a próxima reunião interiorizada. No entanto, nos bastidores, já foi cogitado o nome do distrito de Vila Teresinha. Segundo o presidente da Câmara, Eduardo Kappel, a intenção é percorrer todos os distritos de Venâncio Aires até o fim do ano.

Já na semana que vem, dia 16 de setembro, a sessão será no Parque do Chimarrão, integrando as programações da Semana Farroupilha.

Ouça a reportagem com falas da sessão: 

c