Assoeva Ago 05, 2019 Crédito: Rodolfo Becker / Portal RVA

ACBF entra com recurso e Assoeva está fora da Taça Brasil

STJD julgou como válido o recurso do time de Carlos Barbosa como campeão da Liga Gaúcha de 2018

- Foto: Divulgação

Uma notícia que pegou muitos de surpresa na manhã desta segunda-feira, 05, foi a mudança de equipes imposta pela organização da Taça Brasil. A competição envolve os campeões estaduais em um torneio que nesse ano será disputado na cidade de Erechim. O imbróglio se deu pelo fato da separação envolvendo Liga Gaúcha e Federação Gaúcha de Futebol de Salão. Nos anos anteriores, como não organizava campeonato na principal categoria (Série Ouro), o Rio Grande do Sul era representado pelo campeão da Liga Gaúcha. Nesse ano, no qual a 'parceria' foi desfeita e dois campeonatos estaduais estão sendo disputados, a Federação Gaúcha de Futebol de Salão indicou o time de Venâncio Aires como representante. Porém, a ACBF de Carlos Barbosa, atual campeã da Liga Gaúcha, entrou com recurso solicitando a vaga por direito.
 
Na semana passada, ocorreu um julgamento no Tribunal de Justiça Desportiva e a Federação foi absolvida em votação por 4 a 3. A ACBF recorreu para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva alegando que foi a campeã estadual de 2018, apresentando provas. Sendo assim, o STJD considerou a alegação do time de Carlos Barbosa válida e solicitou a mudança imediata das equipes na Taça Brasil.

Em contato com os diretores da equipe de Venâncio Aires foi comunicado que o assunto envolve o jurídico da FGFS, mas que pela proximidade do início da competição e consideração aos demais times envolvidos, a tendência é de que a decisão permaneça. A Assoeva estrearia nesta terça-feira, 06, contra o Constelação-RR. O caso ainda cabe recurso caso seja da vontade do jurídico da FGFS.

 

Leia a decisão na íntegra em: 

c