Buracos Jul 10, 2019 Crédito: Camila Sehn

Após reunião com o DAER, fica acordado que haverá manutenção da VRS-816 todos os meses até a realização do recapeamento

Segundo morador da localidade, caso a manutenção não for realizada, as mobilizações irão continuar

- Foto: Eduardo Wachholtz / RVA

Em encontro realizado entre uma comitiva de Venâncio Aires, e o diretor de Infraestrutura Rodoviária do DAER, Luciano Faustino, foi discutido a manutenção da VRS-816, que liga Grão Pará, Linha Travessa e Vila Palanque. Foi acordado um tapa buracos a cada 30 dias, e a colocação do trecho no próximo orçamento de melhoria de estradas.

De acordo com o vereador Nelsoir Battisti do PSD, foi buscado uma alternativa para a manutenção. Já a vereadora do PSB, Sandra Wagner, destacou que o trecho mais comprometido é de Grão Pará até a RSC-453. Também participaram da reunião, moradores da localidade. Arthur Wickert, que mora a 25 anos no local, destacou que se não houver melhoria, as mobilizações vão continuar.

Além disso, a ideia é realizar, no mês de outubro, uma nova visita ao DAER, para solicitar o recapeamento do trecho. De acordo com o vereador Nelsoir, para realizar o recapeamento o valor gira em torno de R$ 350.000,00 o quilômetro, mas caso perder a base da estrada, o valor sobe para R$ 1.500.000,00.

Participam do encontro, os vereadores Nelsoir Battisti do PSD e Sandra Wagner do PSB, além de representantes dos moradores.

c