Venâncio Aires Mai 07, 2019 Crédito: Veridiana Röhsler / RVA

Em visita à Fenachim, presidente do Ibramate destaca necessidade de fortalecimento do setor ervateiro em todo o país

Alberto Tumelero referiu a importância do trabalho da Escola do Chimarrão que dissemina benefícios da bebida dos gaúchos

- Foto: Bruna Oliveira / Grupo RVA

O Instituto Brasileiro da Erva-mate (Ibramate) esteve representado na 15ª Festa Nacional do Chimarrão. O presidente do Ibramate, Alberto Tumelero, visitou a Festa, que representa a bebida símbolo do Rio Grande do Sul. Produtor da planta da erva-mate e também proprietário de indústria, Tumelero destacou na Fenachim a força do setor ervateiro e a importância que tem na geração de empregos em renda, além da necessidade de fortalecimento da cadeia em todo o país.

Em entrevista à Rádio Venâncio Aires, Alberto Tumelero citou que mais 700 mil pessoas estão envolvidas com a atividade ervateira no Brasil. Somente no Rio Grande do Sul, são mais de 100 mil pessoas atuantes na Cadeia Produtiva da Erva-mate. O presidente do Ibramate também destacou dificuldades para captação de recursos através do Governo do Estado, com programas de incetivo que não têm repasses regularizados.

Tumelero referiu ainda a importância do trabalho desenvolvido pela Escola do Chimarrão de Venâncio Aires, através do diretor Pedro Schwengber, que dissemina a importância econômica e cultural do chimarrão, e seus benefícios, por todo o país.


 

c