Fumo Dez 18, 2018 Crédito: Portal RVA

Receita Federal realiza operação Caça Fantasmas em Venâncio e região

Entre os pontos fiscalizados, está uma residência na região do Loteamento Artus em Venâncio Aires

- Foto: Jeferson Schwingel / RVA

A Receita Federal realiza uma operação nesta manhã, em sete municípios gaúchos, para combater empresas fantasmas que movimentaram mais de R$ 500 milhões em venda de tabaco. As empresas envolvidas na primeira fase da Operação Caça Fantasmas estão localizadas em Venâncio Aires, Candelária, Vera Cruz, Rio Pardo, Camaquã, Cerro Grande do Sul e São Lourenço do Sul.

Em Venâncio Aires, entre os pontos com ações da Receita, a reportagem da RVA apurou que fiscais estão em uma residência situada na rua Pedro Grunheuser, na parte baixa da cidade, entre outros pontos.

As empresas fantasmas, cuja finalidade é apenas emissão de nota fiscal para simular uma operação de venda de tabaco, emitiram notas de venda do produto nos últimos cinco anos, no montante de R$ 502,2 milhões. Tradicionalmente, o setor de tabaco funciona no modelo integração. As grandes empresas exportadoras de tabaco mantêm contratos com os produtores rurais integrados. As empresas fornecem crédito, assistência técnica, insumos básicos para a produção e garantem a compra do tabaco dos seus integrados por preços negociados entre as entidades representativas das partes. Os produtores, por sua vez, se comprometem a adotar o padrão de qualidade sugerido pelas empresas, e a entregar no final a sua produção de tabaco.

A operação tem desdobramentos da Operação Fumo Papel, que foi desencadeada em agosto em diversos municípios, entre eles Venâncio Aires.

c