Rio Grande do Sul Nov 12, 2018 Crédito: Governo do Rio Grande do Sul

Operação Viagem Segura completa sete anos reduzindo número de acidentes no trânsito

A 95ª edição, que marca os sete anos de existência da operação, acontece neste feriado de Proclamação da República

- Foto: Governo do Estado do Rio Grande do Sul

A 95ª edição da Viagem Segura, que marca os sete anos de existência da operação, acontece neste feriado de Proclamação da República. Polícia Rodoviária Federal, Detran RS, Polícia Civil, Brigada Militar e Comando Rodoviário da BM estarão mobilizados desde a zero hora de quarta-feira (14) até a meia-noite de domingo (18), para que o feriado seja tranquilo no trânsito. Na noite de quinta (15), acontece Megablitz em Porto Alegre.

A Operação Viagem Segura está presente no estado desde 2011, mobilizando a fiscalização por 397 dias em suas 94 edições. As ações contabilizam 5.388.252 veículos fiscalizados (equivalente a mais de 80% da frota gaúcha, que hoje é de 6,7 milhões) e 212.722 testes de etilômetro realizados. Foram registradas 968.404 infrações, sendo 19.094 autuações por embriaguez, incluindo as recusas ao teste do etilômetro. A fiscalização também recolheu 90.248 veículos e 24.769 carteiras de habilitação.

Também reforçam a fiscalização promovendo ações de conscientização ANTT, Dnit, Cetran/RS, Daer, EGR, Metroplan e Famurs, além de representantes da sociedade civil organizada, como o Lions Club. A Viagem Segura ganhou o reforço da Megablitz desde 2016, controlando os motoristas antes de saírem da cidade. É realizada pelos agentes da Balada Segura (Detran RS e EPTC) em conjunto com a Brigada Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal, sempre nas saídas da capital.

Proclamação da República

O feriado de Proclamação da República teve média de 5,9 óbitos por dia desde 2007, um pouco abaixo da média geral entre os feriados, que é de 6,4, mas bem acima dos dias de semana, quando morrem 4,3 pessoas por dia no estado. Isso corresponde a dizer que a cada quatro horas e quatro minutos, uma pessoa perde a vida no trânsito, nesse período.

O número de mortes por dia vem caindo desde 2013, quando ocorreu um pico de 7,5. No ano passado, como a data caiu em uma quarta-feira, a operação durou apenas um dia, quando foi registrada apenas uma vítima fatal, a menor marca já registrada na série histórica. Nesse feriado, desde 2007, já foram registrados 218 acidentes fatais de trânsito, dos quais resultaram 242 mortos. Os municípios em que mais ocorreram esses acidentes foram Porto Alegre (17), Viamão, Passo Fundo, São Leopoldo (com oito cada) e Rio Grande (6).

 

 

c