Venâncio Aires Mai 29, 2018 Crédito: Veridiana Röhsler / RVA

Gabinete de Crises se reúne para avaliar serviços e planejar ações devido à greve

Giovane Wickert esteve reunido com secretários para apresentar levantamentos sobre paralisações e suspensão de serviços

- Foto: Moacir Eisermann / RVA

A Administração Municipal de Venâncio Aires segue mobilizada para amenizar possíveis transtornos causados a partir das paralisações. Com a criação de um Gabinete de Crises, o prefeito Giovane Wickert esteve reunido com secretários de Venâncio Aires, para apresentar levantamentos e planejar ações.

Escolas municiapais: Na área da Educação, escolas seguem sem aulas. Na rede municipal de Ensino Fundamental (EMEFs), não há aulas nas escolas. Já as Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs) ainda mantêm as atividades. Conforme decreto do prefeito, também não há atendimento nesta semana nas Unidades de Saúde do interior, já que os profissionais encontram dificuldades para se locomover.

Escolta para ração: A Secretaria da Agricultura também organiza uma escolta para caminhões que transportam ração, para que propriedades rurais possam ser abastecidas. Depois de contatos do secretário André Kaufmann com empresas e produtores rurais, é estudada a possibilidade de escoltas para caminhões que transportam ração e demais insumos para abastecer frigoríficos e aviários. O objetivo é aliviar a situação, pelo menos, para os próximos dias.

Lixo: Com relação ao recolhimento de lixo, Giovane Wickert destaca que na cidade o serviço ainda ocorre normalmente. Já no interior, os caminhões não passam nesta semana. A Administração Municipal de Venâncio Aires também suspendeu atos de inauguração previstos para os próximos dias. São registradas ainda suspensões de serviços em empresas locais, que liberaram funcionários por falta de materiais.

Cirurgias eletivas suspensas: O Hospital São Sebastião Mártir suspendeu a realização de cirurgias eletivas. Diante das dificuldades para abastecimento de itens de consumo, como materiais, medicamentos, soros, gêneros alimentícios, gases medicinais e gás de cozinha, a Casa de Saúde suspendeu, por tempo indeterminado, a realização de cirurgias eletivas, independente do convênio. Conforme nota divulgada pelo Hospital, a medida objetiva manter estoques mínimos para atendimentos de urgência e emergência.

Escolas Estaduais: Ainda com relação à Educação, na rede Estadual de Ensino, a orientação da Secretaria da Educação do Rio Grande do Sul é que as aulas ocorram normalmente a partir desta terça-feira, 29. Porém, há algumas escolas, principalmente do interior, que estão sem transporte escolar, e acabaram suspendendo as atividades. Não tem aulas, conforme as direções, Helmuth Lehmen, de Linha Cacheira; Frida Reckziegel, de Vila Palanque; Sebastião Jubal Junqueira, de Vila Deodoro; Mariante, de Vila Mariante; Cristiano Bencke, de Centro Linha Brasil; e Wolfram Metzler, do bairro Bela Vista.

 

 

 

c