Promoção Fev 16, 2018 Crédito: Veridiana Röhsler / RVA

Aluno do Colégio Estadual Monte Alverne é o vencedor do Concurso Minhas Histórias de Escola da RVA

O vencedor é Andriel Darlei Theis, de 11 anos, morador de Linha General Osório

- Foto: Veridiana Röhsler / RVA

Foi anunciada na manhã desta sexta-feira, 16, na programação da Rádio Venâncio Aires, a história vencedora do Concurso Minhas Histórias de Escola. Relatos foram encaminhados à RVA e uma comissão escolheu a história vencedora entre as selecionadas. O vencedor é Andriel Darlei Theis, de 11 anos, morador de Linha General Osório.

Ele é estudante do Colégio Estadual Monte Alverne e contou a história de um dia em que o ônibus do transporte escolar estragou e os alunos acabaram sendo levados para casa de carroça puxada por mulas. Essa foi considerada a história mais inusitada entre as participantes e o estudante Andriel vai receber materiais escolares e um tablet. Já o Colégio, ganha material esportivo.

O Concurso Cultural Minhas Histórias de Escola teve o apoio de Escola de Educação Infantil Reino Encantado, A&B Papelaria, Escola Idioma Língua e Cultura, Bittencourt Transportes, Ecoprinter, Agropecuária CL, Loja Oriente, Caju Confecções, Gráfica Treze de Maio, Colégio Gaspar, Gaschool Escola de Inglês, Escola de Educação Infantil Educare, Seleri Informática e Loja O Amarelinho. A Rádio Venâncio Aires agradece as participações e deseja um ótimo ano letivo a todos.

Confira a história de Andriel Darlei Theis:

“De manhã cedo acordei, me arrumei, veio o ônibus, tudo normal. Fui a escola, fizemos as atividades propostas, brincamos… Mas minha história aconteceu de volta para casa. O motorista pegou a gente como nos dias anteriores. Mais ou menos na metade do caminho, o ônibus começou a falhar. Chegando numa descida o ônibus estragou de vez. O restante dos alunos que havia no ônibus desceram e fomos caminhando. Instantes depois de alguns passos avistamos um homem com suas mulas. Corremos até o homem e pedimos carona. Então voltamos para casa de mula e carroça. Foi muito divertido, pois muitos nunca tinham andado de mula, assim como eu”.

 

 

c